Notícia

Templo da Igreja Memorial Batista de Brasília - DF é reinaugurado

Na manhã de domingo, dia 23 de julho de 2017, foi reinaugurado o Templo Memorial, como parte das comemorações do 57º aniversário de organização da Igreja Memorial. Estiveram presentes apenas cinco membros fundadores: os irmãos João Walfredo Thomé e Antovaldo França Cardoso e as Irmãs Rute Figueira de Almeida, Lígia de Almeida Santos (em 1960 com o nome de Lígia Figueira de Almeida) e Lídice Botelho Vianna.


O culto foi dirigido pelo pastor Francisco Carlos Soares de Menezes, ministro de integração e comunhão, atual coordenador da equipe ministerial. 


O Coro executou obras de Camille Saint-Saens, Franz Josef Haydn e Georg-Friedrich Haendel, sob a regência do ministro de música Antônio Henrique Lino Melo e Silva. O sermão oficial, intitulado “A Igreja de Jesus” e com base no Evangelho de Mateus (capítulo 16, versos 13-19), foi proferido pelo pastor Norton; cremos poder resumi-lo nos seguintes itens: 1) - Jesus prepara-se para a Cruz; 2) - Em breve, Jesus edificará a Igreja; 3) - A Igreja facilita a intimidade com Jesus; 4) - A Igreja enfrenta os Estados totalitários e as ideias ateístas; 5) - A Igreja de Jesus reinará para sempre.


Transformações do Templo Memorial 


Alguns membros mais antigos da Igreja começaram a olhar para fora do templo, preocupados com as pessoas, que vinham e precisavam entrar e sair em segurança. Em abril de 2002, a irmã Elza Maria Jorge Fernandes Rosa apontou alguns problemas: 1) - o escoamento desordenado do público; 2) - a insegurança de pessoas deficientes no meio das aglomerações; 3) - a visibilidade do templo prejudicada pela localização inadequada do acesso; 4) - o conflito entre pessoas e veículos no acesso ao templo; 5) - a insuficiência de vagas para veículos. As sugestões foram aceitas pela Igreja.


Muitos membros da Memorial começaram a olhar, novamente, para dentro do templo, que, depois de 50 anos de uso, deu sinais de que estava precisando ser recuperado.


Em 09 de junho de 2013 foi mudado o local de cultos e reuniões para o Auditório “Éber Vasconcelos”. Inesperados problemas administrativos interromperam a execução da revitalização; as obras foram intermitentemente paralisadas durante os anos de 2014 e 2015. Em 07 de agosto de 2016, a congregação encaminhou-se para o templo (vazio) a fim de verificar o estado desolador em que se encontrava o edifício.


Há mais de três anos, os “memorianos” não podiam cultuar a Deus no vetusto templo. Começou, então, uma das páginas mais bonitas da história da Igreja Memorial: a liderança e a membresia tomaram o propósito de, dentro de apenas 11 meses, recuperar totalmente o Templo original, o que significou para alguns contribuir sacrificialmente, em um tempo de aperturas financeiras. O templo original, doado por Mr. Jarman, seria recuperado pelo esforço da Família Memorial.


Ao projeto foram acrescentados itens para maior beleza e funcionalidade do templo. E, então, no dia 23 de julho de 2017, foi reinaugurado o Templo Memorial, em meio a celebração dos 57 anos de existência da Igreja Memorial. Nossa esperança é que o Espírito de Deus encha essa renovada Casa de Oração, dedicada à Glória de Jesus Cristo!


Por: Roberto Torres Hollanda, diácono da Igreja Batista Memorial de Brasília - DF, colunista de OJB 


Para ler a matéria completa clique aqui



 
 

Fotos