Notícia

Evangelização marca feriado do Dia de Finados no Rio

No Dia de Finados, cerca de 15 Igrejas Batistas cariocas se uniram para atividades de evangelização de pessoas enlutadas. O trabalho, coordenado por capelães da Convenção Batista Carioca (CBC), com o apoio de associações Batistas, resultou em um grande alcance de vidas que, no dia 2 de novembro, passaram pelos cemitérios do Rio.

Os trabalhos de evangelização se concentraram em três cemitérios: Caju, São João Batista (em Botafogo) e Irajá. Em cada um foram instaladas tendas de atendimento, onde voluntários distribuíram mais de 500 literaturas, 600 copos de água mineral e realizaram mais de 200 procedimentos de aferição de pressão arterial. Foi um dia de proclamação, com muitas vidas se rendendo aos pés de Cristo e outras tantas sendo confortadas com mensagens bíblicas.

De acordo com o capelão pastor Nelson Cardoso, que coordenou a equipe de Irajá, foram cerca de 50 irmãos em Cristo impactando vidas no cemitério local. “O impacto foi maravilhoso! Muitas pessoas foram consoladas e revigoradas com orações e a Palavra de Deus aplicada em seus corações. Toda honra e toda glória sejam dada ao Senhor que tudo providenciou e caminhou na mais perfeita Paz”.

Foi a segunda vez que Liliam R. de Assis, da IB no Corredor Esportivo, participou do impacto de evangelização no Dia de Finados. Em 2017, ela participou das aferições de pressão arterial na tenda, mas, neste ano, caminhou pelo cemitério em busca de vidas cujos corações estivessem abertos ao evangelho. Senhora Nívea foi uma dessas vidas, como a voluntária conta:

“Ao encontrarmos a senhora Nivea, que chorava bastante, falamos sobre a Palavra de Deus e oramos por ela. Após a oração, foi possível observar a mudança em seu semblante que, em vez de chorar, passou a sorrir! O Espírito Santo agiu naquele coração! Deus agiu no cemitério de Irajá!”

A capelã da CBC Amariz Braz, que coordenou as atividades no São João Batista, lembrou que há muito tempo vinha orando ao Senhor por mais abertura para o Evangelho no local. Com o impacto, sentiu a boa receptividade das pessoas. “Foi um tempo em que percebemos esse retorno de carinho. Enfim, elogiavam o material”, lembrou a missionária. “Tem sido uma caminhada muitas vezes dolorosa e tenho chorado por uma abertura ali naquele cemitério, mas digo aos irmãos que Deus tem confirmado a cada dia a nossa estada ali. Deus tem levantado pessoas para apoiar este trabalho e ratificando para mim que o trabalho não é fácil, mas que vale a pena”.

As oportunidades de evangelização na cidade do Rio são muitas, mas é preciso estar de olhos abertos para entender o direcionamento de Deus. Pastor Adalberto Alves, da PIB de Botafogo, ressalta a importância de aproveitar momentos como o Dia de Finados para, juntos, proclamarmos o nome de Cristo. “Pude orar por um casal, percebendo que Deus nos dá essa grande oportunidade de estarmos ali, levando o amor a essas pessoas que, na maioria,não conhece Jesus. Quero aqui deixar um pedido para que todos nós possamos, nessas datas, permitir que o Espírito Santo nos use e ilumine para proclamar e fazer parte da missão. Lembrando as palavras de Spurgeon: ‘Pai, alarga teu Reino aqui na terra!’”

A Capelania aos Enlutados da CBC atua em seis cemitérios da cidade do Rio de Janeiro e já se encontra em mais uma fase de expansão, chegando ao Cemitério do Pechincha/ Jacarepaguá. Tudo isso está sendo possível porque pessoas e Igrejas estão apoiando estes projetos. Seja como voluntário ou mantenedor, você também pode fazer parte dessa proposta. Acesse www.missoesrio.com.br/pam e adote um projeto da Capelania aos Enlutados.

Por: Tiago Monteiro, Comunicação e Marketing da Convenção Batista Carioca


 
 

Fotos